AbcMed  -  Saúde da Criança
Saúde da Criança - 14/02/20
A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) acaba de lançar o Manual de Orientação #MENOS TELAS #MAIS SAÚDE1 com informações sobre o uso de telas e internet por crianças e adolescentes. O objetivo é cuidar do futuro das crianças brasileiras, reiterando e atualizando as recomendações descritas no Manual de Orientação de 2016.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 11/02/20
Hidropsia1 fetal é uma condição grave que acomete o feto2, definida como acumulação anormal de líquido em tecidos fetais, com consequente edema3 ou derrames cavitários.
1 Hidropsia: Edema fetal generalizado habitualmente produzido por doença hemolítica. Acumulam-se quantidades anormais de líquido em duas ou mais áreas do corpo de um feto ou de um recém-nascido.
2 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
3 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 03/02/20
A síndrome1 do bebê azul pode se referir a várias condições que afetam o transporte de oxigênio no sangue2, resultando em cor azulada ou arroxeada da pele3 nos bebês4, devido à cianose5. Geralmente os bebês4 nascem com essa condição ou a desenvolvem muito cedo.
1 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
2 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
4 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
5 Cianose: Coloração azulada da pele e mucosas. Pode significar uma falta de oxigenação nos tecidos.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 29/08/19
A condição chamada banda amniótica refere-se às situações que ocorrem quando faixas de âmnio (o revestimento interno do saco amniótico ou "bolsa de água") se desprendem do saco amniótico e passam a flutuar no líquido amniótico1 junto com o feto2. Essas faixas podem dar origem à “Síndrome da Banda Amniótica”, um termo amplo que engloba um grupo de anormalidades congênitas3 que ocorrem quando faixas flutuantes do âmnio prendem ou envolvem partes do corpo do bebê (braços, pernas e dedos, dentre outras), interrompendo seu desenvolvimento normal.
1 Líquido amniótico: Fluido viscoso, incolor ou levemente esbranquiçado, que preenche a bolsa amniótica e envolve o embrião durante toda a gestação, protegendo-o contra infecções e choques mecânicos e térmicos.
2 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
3 Congênitas: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 18/07/19
O herpes simples neonatal é uma doença infecciosa rara, mas grave, que afeta os recém-nascidos. Nos Estados Unidos, cerca de 1 em cada 3.500 bebês1 contraem a infecção2. No Brasil, não se conhece a incidência3.
1 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
2 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 17/05/19
A hiperlexia é uma síndrome1 caracterizada pela capacidade precoce de leitura da criança, também conhecida como a síndrome1 da leitura precoce. Foi definida inicialmente como a capacidade precoce de ler palavras sem treinamento prévio, aprendendo a ler tipicamente antes dos 5 anos de idade, mas, surpreendentemente, já pode acontecer a partir de 18-24 meses.
1 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 08/05/19
Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde1), dificuldade de aprendizagem é um termo médico para um distúrbio neurológico inespecífico, permanente, que afeta, de alguma maneira, a capacidade de adquirir ensinamentos transmitidos pela escola. Uma dificuldade de aprendizagem é um comprometimento de uma ou mais funções neuropsicológicas, o que perturba a aquisição, o entendimento, o uso e o processamento de informações verbais ou não-verbais.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 15/04/19
O bullying corresponde à prática de atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, cometidos por um ou mais agressores contra uma determinada vítima. O termo em inglês "bullying" é derivado da palavra "bully" (tirano, brutal), que costuma também ser traduzida do inglês por valentão. O bullying pode ser livremente compreendido como uma tirania, brutalidade ou valentia exercida contra uma pessoa.   [Mais...]
Saúde da Criança - 20/03/19
Cranioestenose (ou craniossinostose) é um defeito congênito1 no qual uma ou mais das articulações2 fibrosas entre os ossos do crânio3 do bebê (suturas cranianas4) fecham prematuramente, antes que o cérebro5 esteja totalmente formado. O crescimento do cérebro5 continua se processando após esse fechamento, o que dá à cabeça6 da criança uma aparência deformada.
1 Congênito: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
2 Articulações:
3 Crânio: O ESQUELETO da CABEÇA; compreende também os OSSOS FACIAIS e os que recobrem o CÉREBRO. Sinônimos: Calvaria; Calota Craniana
4 Suturas Cranianas: Tipo de junturas fibrosas entre os ossos da cabeça.
5 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
6 Cabeça:
   [Mais...]

Saúde da Criança - 15/03/19
O distúrbio do processamento auditivo é um distúrbio que afeta a forma como o cérebro1 processa as informações auditivas. Os indivíduos com esse distúrbio geralmente têm estrutura e função normais do ouvido externo2, médio e interno, responsáveis pela audição periférica, mas não conseguem processar a nível do sistema nervoso central3 as informações que ouvem da mesma maneira que os outros.
1 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
2 Ouvido externo: Atualmente denominado orelha externa, consiste em duas porções: o pavilhão auditivo e o meato acústico externo, canal fechado em sua parte medial pela membrana timpânica, o que faz o limite da orelha média.
3 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
   [Mais...]

Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - > - >>
1 a 10 (Total: 108)
  • Entrar
  • Assinar