AbcMed  -  Saúde do Homem
Saúde do Homem - 09/10/12
Priapismo1 é a condição, associada ou não a um estímulo sexual, na qual o pênis2 ereto3 não retorna ao seu estado flácido habitual. Essa ereção4 é involuntária5, duradora (cerca de 4 horas), geralmente dolorosa e potencialmente danosa, podendo levar à impotência6 sexual irreversível, constituindo-se numa emergência7 médica.
1 Priapismo: Condição, associada ou não a um estímulo sexual, na qual o pênis ereto não retorna ao seu estado flácido habitual. Essa ereção é involuntária, duradora (cerca de 4 horas), geralmente dolorosa e potencialmente danosa, podendo levar à impotência sexual irreversível, constituindo-se numa emergência médica.
2 Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.
3 Ereto: 1. Que se mantém erguido, levantado; erecto. 2. Que se encontra em equilíbrio ou aprumado. 3. Que endureceu, que se tornou túrgido.
4 Ereção: 1. Ato ou efeito de erigir ou erguer. 2. Inauguração, criação. 3. Levantamento ou endurecimento do pênis.
5 Involuntária: 1.    Que se realiza sem intervenção da vontade ou que foge ao controle desta, automática, inconsciente, espontânea. 2.    Que se encontra em uma dada situação sem o desejar, forçada, obrigada.
6 Impotência: Incapacidade para ter ou manter a ereção para atividades sexuais. Também chamada de disfunção erétil.
7 Emergência: 1. Ato ou efeito de emergir. 2. Situação grave, perigosa, momento crítico ou fortuito. 3. Setor de uma instituição hospitalar onde são atendidos pacientes que requerem tratamento imediato; pronto-socorro. 4. Eclosão. 5. Qualquer excrescência especializada ou parcial em um ramo ou outro órgão, formada por tecido epidérmico (ou da camada cortical) e um ou mais estratos de tecido subepidérmico, e que pode originar nectários, acúleos, etc. ou não se desenvolver em um órgão definido.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 14/09/12
Fala-se em fimose1 quando o prepúcio2 (uma dobra de pele3 e membrana mucosa4 retrátil que cobre a extremidade do pênis5) não pode ser completamente retraído para expor totalmente a glande (”cabeça” do pênis5). O prepúcio2 normal geralmente recobre a glande quando o pênis5 está flácido e se retrai quando ele está ereto6, deixando a glande à mostra. A dificuldade em expor a glande ocorre quando o prepúcio2 possui uma abertura muito pequena para a passagem da glande.
1 Fimose: Estreitamento no prepúcio do pênis que impede sua exposição. Geralmente é congênita ou secundária a uma infecção.
2 Prepúcio: Prega cutânea que recobre a glande do pênis.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
4 Membrana Mucosa: EPITÉLIO com células secretoras de MUCOS, como as CÉLULAS CALICIFORMES. Forma o revestimento de muitas cavidades do corpo, como TRATO GASTROINTESTINAL, TRATO RESPIRATÓRIO e trato reprodutivo. Mucosa, rica em sangue e em vasos linfáticos, compreende um epitélio interno, uma camada média (lâmina própria) do TECIDO CONJUNTIVO frouxo e uma camada externa (muscularis mucosae) de células musculares lisas que separam a mucosa da submucosa.
5 Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.
6 Ereto: 1. Que se mantém erguido, levantado; erecto. 2. Que se encontra em equilíbrio ou aprumado. 3. Que endureceu, que se tornou túrgido.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 17/07/12
Hidrocele1 é o acúmulo anormal de fluido no interior da túnica vaginal, a membrana que reveste internamente a bolsa que contém os testículos2. A hidrocele1 pode ser uni ou bilateral (geralmente unilateral), congênita3 ou adquirida, primária ou secundária e afeta principalmente os bebês4 recém-nascidos e os adultos acima de 45 anos.
1 Hidrocele: Coleção de líquido em uma cavidade em forma de saco ou bolsa do corpo, especialmente no testículo. Muitas crianças nascem com hidrocele testicular, que é reabsorvida ao longo do tempo, raramente necessitando de algum tratamento.
2 Testículos: Os testículos são as gônadas sexuais masculinas que produzem as células de fecundação ou espermatozóides. Nos mamíferos ocorrem aos pares e são protegidos fora do corpo por uma bolsa chamada escroto. Têm função de glândula produzindo hormônios masculinos.
3 Congênita: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
4 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
   [Mais...]

Saúde do Homem - 21/11/11
A calvície1 é uma forma de alopecia2 progressiva (perda de cabelos), em geral devido a fatores hereditários. O tipo mais comum é a alopecia2 androgenética ou androgênica, também chamada de calvície1 de padrão masculino. Estima-se que a calvície1 atinja quase metade dos homens.
1 Calvície: Também chamada de alopécia androgenética é uma manifestação fisiológica que ocorre em indivíduos geneticamente predispostos, sendo que a herança genética pode vir do lado paterno ou materno. É resultado da estimulação dos folículos pilosos por hormônios masculinos que começam a ser produzidos na adolescência (testosterona). Ao atingir o couro cabeludo de pacientes com tendência genética para a calvície, a testosterona sofre a ação de uma enzima, a 5-alfa-redutase, e é transformada em diidrotestosterona (DHT). É a DHT que vai agir sobre os folículos pilosos promovendo a sua diminuição progressiva. O resultado final deste processo de diminuição e afinamento dos fios de cabelo é a calvície.
2 Alopécia: Redução parcial ou total de pêlos ou cabelos em uma determinada área de pele. Ela apresenta várias causas, podendo ter evolução progressiva, resolução espontânea ou ser controlada com tratamento médico. Quando afeta todos os pêlos do corpo, é chamada de alopécia universal.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 20/09/11
Denomina-se precoce a ejaculação1 que ocorre muito rapidamente, antes que a pessoa a deseje e antes que sua parceira sexual tenha atingido o orgasmo, o que habitualmente é vivido com grande ansiedade e insatisfação. Geralmente a ejaculação1 ocorre dentro de 1 ou 2 minutos, ante o mero contato com a vagina2 ou tão logo o pênis3 seja introduzido nela. Na verdade, não há um tempo mínimo definidor da ejaculação1 precoce. O que há é uma sensação subjetiva do homem e da sua parceira de que a ejaculação1 foi muito rápida, ocorreu antes de ser desejada e não pode ser controlada.
1 Ejaculação: 1. Ato de ejacular. Expulsão vigorosa; forte derramamento (de líquido); jato. 2. Em fisiologia, emissão de esperma pela uretra no momento do orgasmo. 3. Por extensão de sentido, qualquer emissão. 4. No sentido figurado, fartura de palavras; arrazoado.
2 Vagina: Canal genital, na mulher, que se estende do ÚTERO à VULVA. (Tradução livre do original
3 Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 08/09/11
Impotência1 sexual, atualmente chamada disfunção erétil, é a incapacidade de manter ereto2 o pênis3 pelo tempo necessário para manter uma relação sexual satisfatória. Ela não deve ser confundida com a falta de interesse sexual e com a dificuldade de ejaculação4 ou de atingir o orgasmo.
1 Impotência: Incapacidade para ter ou manter a ereção para atividades sexuais. Também chamada de disfunção erétil.
2 Ereto: 1. Que se mantém erguido, levantado; erecto. 2. Que se encontra em equilíbrio ou aprumado. 3. Que endureceu, que se tornou túrgido.
3 Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.
4 Ejaculação: 1. Ato de ejacular. Expulsão vigorosa; forte derramamento (de líquido); jato. 2. Em fisiologia, emissão de esperma pela uretra no momento do orgasmo. 3. Por extensão de sentido, qualquer emissão. 4. No sentido figurado, fartura de palavras; arrazoado.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 02/09/11
Os dados sobre as medidas do pênis1 são muito variáveis, mas de um modo geral considera-se como normais os pênis1 eretos de pessoas adultas que meçam entre 8 e 23 centímetro. O tamanho médio do pênis1 dos brasileiros fica entre 12 e 16 cm e em cerca de 60% dos homens a circunferência média fica entre 10 e 12,5 cm. Como esses são valores médios, há pênis1 normais abaixo e acima dessas medidas. Em geral, os homens experimentam grande ansiedade quando supõem uma possível, e geralmente imaginária, insuficiência2 do próprio pênis1, seja por sua forma ou tamanho. Na maioria das vezes isto é uma fantasia e não corresponde à realidade objetiva.
1 Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.
2 Insuficiência: Incapacidade de um órgão ou sistema para realizar adequadamente suas funções.Manifesta-se de diferentes formas segundo o órgão comprometido. Exemplos: insuficiência renal, hepática, cardíaca, respiratória.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 24/08/11
O diagnóstico1 de prostatite2 envolve a exclusão de outras doenças que podem estar causando os sintomas3 e a determinação do tipo de prostatite2 apresentada pelo paciente. Um urologista4 avalia a história clínica e os sintomas3 do paciente, faz um exame físico e um toque retal. Após este exame, ele avaliará a necessidade de solicitar exames complementares. O tratamento é feito de acordo com a causa da doença.
1 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
2 Prostatite: Quadro de inflamação da próstata.
3 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
4 Urologista: Médico especializado em tratar pessoas com problemas no trato urinário e homens com problemas nos órgãos genitais, como impotência.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 24/08/11
Prostatite1 é a inflamação2 da próstata3, uma glândula4 do aparelho reprodutor masculino5, do tamanho de uma noz, localizada embaixo da bexiga6 e atrás do reto7. A próstata3 produz o sêmen8 que alimenta e transporta os espermatozoides9. A prostatite1 muitas vezes provoca dor ou dificuldade para urinar. Outros sintomas10 incluem dor na virilha, na região pélvica11 ou nos órgãos genitais, e, às vezes, sintomas10 parecidos com os de uma gripe12.
1 Prostatite: Quadro de inflamação da próstata.
2 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
3 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
4 Glândula: Estrutura do organismo especializada na produção de substâncias que podem ser lançadas na corrente sangüínea (glândulas endócrinas) ou em uma superfície mucosa ou cutânea (glândulas exócrinas). A saliva, o suor, o muco, são exemplos de produtos de glândulas exócrinas. Os hormônios da tireóide, a insulina e os estrógenos são de secreção endócrina.
5 Aparelho reprodutor masculino: O aparelho genital masculino é formado pela bolsa escrotal, testículos, epidídimo, ductos deferentes, vesícula seminal, próstata e pênis. Ele tem a função de produzir e sustentar os espermatozóides e transferi-los ao sistema reprodutor feminino.
6 Bexiga: Órgão cavitário, situado na cavidade pélvica, no qual é armazenada a urina, que é produzida pelos rins. É uma víscera oca caracterizada por sua distensibilidade. Tem a forma de pêra quando está vazia e a forma de bola quando está cheia.
7 Reto: Segmento distal do INTESTINO GROSSO, entre o COLO SIGMÓIDE e o CANAL ANAL.
8 Sêmen: Sêmen ou esperma. Líquido denso, gelatinoso, branco acinzentado e opaco, que contém espermatozoides e que serve para conduzi-los até o óvulo. O sêmen é o líquido da ejaculação. Ele é composto de plasma seminal e espermatozoides. Este plasma contém nutrientes que alimentam e protegem os espermatozoides.
9 Espermatozóides: Células reprodutivas masculinas.
10 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
11 Pélvica: Relativo a ou próprio de pelve. A pelve é a cavidade no extremo inferior do tronco, formada pelos dois ossos do quadril (ilíacos), sacro e cóccix; bacia. Ou também é qualquer cavidade em forma de bacia ou taça (por exemplo, a pelve renal).
12 Gripe: Doença viral adquirida através do contágio interpessoal que se caracteriza por faringite, febre, dores musculares generalizadas, náuseas, etc. Sua duração é de aproximadamente cinco a sete dias e tem uma maior incidência nos meses frios. Em geral desaparece naturalmente sem tratamento, apenas com medidas de controle geral (repouso relativo, ingestão de líquidos, etc.). Os antibióticos não funcionam na gripe e não devem ser utilizados de rotina.
   [Mais...]

Saúde do Homem - 27/07/10
A maioria dos tumores iniciais da próstata1 é assintomática. Há uma divergência entre as organizações médicas a respeito das recomendações sobre a prevenção para o câncer2 de próstata1. Não se sabe ao certo se estes exames realmente salvam vidas ao antecipar o diagnóstico3 deste tipo de tumor4. Uma consulta médica deve ser agendada para esclarecer com um clínico geral ou um urologista5 estas questões.
1 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
3 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
4 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
5 Urologista: Médico especializado em tratar pessoas com problemas no trato urinário e homens com problemas nos órgãos genitais, como impotência.
   [Mais...]

Mostrar: 10
< - 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - >
31 a 40 (Total: 45)
  • Entrar
  • Assinar